correios-planos-privatizar
correios-planos-privatizar

Em breve, o governo brasileiro irá pautar no congresso uma lei que possibilitará a tão sonhada (por muitos brasileiros) privatização dos serviços dos Correios. O então ministro Paulo Guedes já assinou o texto, este que deverá chancelado por Bolsonaro ainda nesta quarta-feira (dia 14/10/20).

Os detalhes sobre como deverá ocorrer a privatização ainda estão em estudo, mas seguindo as etapas do cronograma fornecido pelo governo, ocorrerá o leilão em 2021.

Existem diversas privatizações prometidas pelo atual governo, mas a dos correios se tornará a 1˚ proposta em 2020. A meta da equipe de Paulo Guedes é de conseguir a aprovação até o final do ano, para demonstrar assim, uma evolução no calendário de desestatizações.

Segundo analistas, a grande dificuldade da privatização dos Correios é encontrar um meio termo em seu modelo de venda, tornando-se interessante para empresas privadas e ao mesmo tempo garantindo o atendimento e suporte. Uma vez que, é de conhecimento de todos que a presença dos correios em todos os municípios é um ponto crucial que diminui o lucro da operação.